Análise de gorduras: entenda a importância de um processo eficiente

6 minutos para ler

As gorduras são elementos básicos dos alimentos. Fazem parte do “big five”, junto da água, das proteínas, do sódio e das fibras. Para orientar a população na busca por uma alimentação balanceada e reduzir a ocorrência de doenças cardiovasculares, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estabeleceu em 2001 a rotulagem de alimentos embalados. Isso tornou a análise de gorduras e outros nutrientes obrigatória no Brasil.

Métodos tradicionais de extração de gordura costumam ser demorados, o que prejudica bastante a produtividade nos laboratórios. Além disso, o manuseio de muitos dos solventes orgânicos é potencialmente perigoso para os analistas. Por isso, é tão importante contar com equipamentos seguros e eficientes no processo.

Mas como analisar o teor de gordura dos alimentos com rapidez, sem perder a confiança nos resultados? Ainda, como o procedimento pode ser realizado sem prejudicar a equipe de trabalho? É sobre isso que falaremos por aqui. Continue com a gente e entenda!

Qual é a importância do teor de gordura dos alimentos?

Manter uma alimentação saudável e equilibrada é um dos desafios da vida moderna, e uma das maiores preocupações das pessoas é reduzir o consumo de gorduras, principalmente por causa dos efeitos do colesterol no organismo. Porém, ninguém pode viver sem gorduras, já que fazem parte da estrutura celular e desempenham diversas funções no corpo.

O problema surge quando o nutriente é ingerido em excesso. A questão é que o nosso fígado transforma as gorduras saturadas em colesterol, elevando os níveis no sangue para além do recomendado pelos órgãos de saúde. O colesterol extra é depositado nas paredes das artérias, causando uma série de doenças cardiovasculares, como a cardiopatia isquêmica.

Acontece que essa é a principal causa de morte por doenças não transmissíveis no Brasil e no mundo. E isso torna indispensáveis todas as ações governamentais para promover algumas mudanças de hábitos e a saúde da população.

Como é perfeitamente possível reduzir o nível de colesterol no sangue por meio da prática de exercícios físicos e da reeducação alimentar, fica evidente a importância de os rótulos de alimentos embalados conterem a informação nutricional sobre o teor de gordura — especialmente a saturada. É aqui que entram os laboratórios capacitados para esse tipo de estudo.

Além de realizarem a análise da qualidade da água e da quantidade de fibras, carboidratos, proteínas e sódio, as empresas devem mensurar o teor de gorduras totais, saturadas e trans presentes nas amostras de alimentos. Já que esses 3 valores serão a base para as pessoas elaborarem suas dietas, a responsabilidade dos laboratórios de análises é grande.

Quais são os métodos de análise de gordura?

O método de análise de gordura mais amplamente utilizado no mundo é o gravimétrico, após a extração da gordura da amostra de alimento por meio de solventes orgânicos. Há 3 formas de fazer isso. Veja só.

Extração com solvente a quente

Métodos como Randall e Soxhlet realizam a extração da gordura se dá por meio de um equipamento. No Método Randall a amostra tem contato direto com o solvente (imersão), enquanto no Método Soxhlet isso não acontece. Neste último caso, o solvente é refluxado e gotejado sobre a amostra.

Extração com solvente a frio

Também chamado de Método Bligh-Dyer, utiliza uma mistura de solventes para análise de óleos, composta de clorofórmio, metanol e água. Essa técnica pode ser empregada em amostras secas ou úmidas, porém, é bastante demorada, já que não usa altas temperaturas para acelerar o processo.

Extração ligada a outros componentes

O Processo de Gerber e o Processo Rose-Gottlieb (Mojonier) são os mais amplamente utilizados para a análise de gorduras do leite e seus derivados. A gordura do leite é separada das proteínas por meio da adição de ácido sulfúrico e álcool amílico, em uma centrífuga.

Como tornar a extração mais rápida sem deixar de ser confiável?

soxthermComo dissemos no início do artigo, os métodos convencionais de determinação do teor de gordura são lentos e potencialmente perigosos para os analistas. Pensando nisso e, também, no compromisso que os laboratórios da indústria alimentícia têm com a população brasileira, a Pensalab estabeleceu uma parceria com a C. Gerhardt, fabricante alemã de excelência em sistemas analíticos.

Para resolver os problemas mais corriqueiros de análise de gordura nos laboratórios, a C. Gerhardt desenvolveu o SOXTHERM®, um equipamento para uma extração rápida de gorduras baseado nos Métodos Soxhlet e Randall. Nessa técnica, como explicamos, os processos são acelerados por meio das altas temperaturas a que os solventes são submetidos.

Porém, o SOXTHERM® é muito mais rápido do que o Soxhlet convencional, pois extrai gorduras de até 24 amostras, simultaneamente, em um sistema fechado — o que confere maior segurança para quem manuseia o dispositivo. Mas não é só essa característica que faz o SOXTHERM® ter o melhor desempenho entre todos os sistemas de extração de laboratórios disponíveis no mercado.

O equipamento funciona de forma automática e pode ser operado sem supervisão. Basta inserir o copo de extração e deixá-lo funcionar: o tempo da sua presença no procedimento é reduzido ao mínimo.

Além disso, o software de controle monitora e registra todos os dados do procedimento. Isso faz com que as análises sejam documentadas, transparentes e rastreáveis em todas as etapas.

Como se não bastasse, o software do equipamento é versátil, podendo ser atualizado facilmente a qualquer hora. Assim, os resultados das extrações em seu laboratório são confiáveis e consistentes. Então, podemos resumir os diferenciais do dispositivo SOXTHERM® da seguinte forma:

  • tem operacionalidade excelente;
  • permite a extração em série;
  • é rápido, econômico e preciso;
  • tem nível de confiança elevado;
  • permite o uso de diferentes tipos de amostras;
  • atende às especificações nacionais e internacionais de análise (AOAC, por exemplo).

O controle do consumo de nutrientes é fundamental para que as pessoas consigam manter os níveis de colesterol adequados à sua saúde. Por isso, as informações sobre o teor de gordura nos rótulos de alimentos embalados devem ser precisas e altamente confiáveis. O SOXTHERM® é o sistema de extração laboratorial mais potente do mercado, solucionando desafios comuns no processo de análise de gorduras.

Nosso artigo foi esclarecedor para você? Gostaria de saber mais detalhes do SOXTHERM? Então, entre em contato com a Pensalab e saiba como a gente pode ajudar!

Posts relacionados

Deixe um comentário